imprensa


eu me amarro mto em atletismo, especialmente nos 100m rasos. tá rolando agora o mundial de atletismo em osaka, japão. os 100m rasos foram nesta madrugada, com vitória do americano Tyson Gay

e ae qual foi a manchete da ESPN.com? “American Gay grabs gold in 100 meters at Worlds”. hmmm o Gay americano! eu pensei q houvessem vários, mas só ele tem o direito de ser O Gay Americano

Anúncios

se vc vai às mesmas aulas de jornalismo com os mesmos professores, as chances sao q pensará parecido. bom, meu colega de UFF Marcos Lessa, em seu lessog, tbm teve reaçao parecida à minha à noticia dos assessores da presidencia fazendo gestos obcenos apos verem no JN q seriam “inocentes” pelo acidente do avião da TAM. a diferença é q o lessa tem uma sensibilidade e facilidade com as palavras mto maior q a minha, q sou um preguiçoso, relaxado e ainda desbocado q por alguma razao sempre soo agressivo mesmo qdo to tendo mil cuidados pra soar delicado (hmmm donzelo)

entao eu republico aqui o post do lessa, pra esclarecer um pouco meu ponto de vista tbm. o post se refere nao à noticia do JN, mas à manchete do O Globo do dia seguinte, com a seqüência de fotos dos gestos e a manchete “top, top, top”:

“Nada como um dia após o outro. Ontem, destaquei a primeira página do Globo como exemplo do que a imprensa deve ser, fiscalizando o poder em nome da sociedade, com responsabilidade.
Hoje, parece que o Globo voltou ao normal…
Seqüência de três fotos mostram o momento em que o assessor da presidência Marco Aurélio Garcia e um companheiro de trabalho comemoram a notícia de que o avião da teria um defeito, tirando Governo e órgãos de controle da aviação do papel de possíveis culpados pela tragédia. Não bastando, os dois fazem gestos bem conhecidos de todo brasileiro: o top, top, top, mandando tomar lá; e outro, dizendo que os inimigos se auto-fornicaram (copyright: LFV).
Primeiro: qual a necessidade de colocar essas fotos na primeira página? E mais: quais as conseqüências? Porque, para um povo ainda sensibilizado e revoltado com a tragédia, ver pessoas ligadas ao Governo Brasileiro com esse tipo de reação não ajuda em nada. Ao mesmo, tempo, nada informa. Ou melhor informarIA que eles ficaram felizes pela responsabilidade não ser deles.
Eu te pergunto: você reagiria diferente? Você, sendo um dos responsáveis pelo funcionamento da Nação e de seus espaços áereos, vê uma tragédia dessas acontecer. Cerca de 200 pessoas mortas. Ao se dar conta que você não foi responsável por isso – como estava sendo anunciado e suspeitado, com certa razão – você não ficaria aliviado?
(Não vou nem levar em consideração os gestos obscenos. Ficar discutindo isso é moralismo babaca que não vai nos levar a lugar algum.)
A edição da notícia induz o leitor a encarar a reação dos assessores como uma leviandade do Governo diante do drama das vítimas. O leitor pode pensar que estou defendendo o Governo com unhas e dentes. Na verdade, defendo um jornalismo responsável, queixa recorrente nessas queridas linhas blogueiras.
Outra questão é da visibilidade do canal de comunicação: já imaginou se o país inteiro flagrasse as piadas que você conta para os colegas de trabalho? O que pensaríamos de você, hein? Retirar do contexto privado uma conversa e transferi-la para um canal público traz sérias conseqüências, que devem ser muito bem pensadas antes de serem publicadas. Vide os grampos da PF, que ao serem vazados a torto e a direito transformaram alguns citados em culpados, e depois que nada é provado contra os mesmos fica a sensação da impunidade. Dessa vez, provocada pela falta de noção para levar as informações a público.
Bem disse meu colega Henrique, quase-profeta, comentando o post anterior: “Lessa,concordo com você, mas temos que manter o cuidado com a imprensa. Há uma grande companhia envolvida e até agora não foi demonstrado se o acidente foi provocado por problemas com a pista ou foi fruto de um erro humano. Esse é um excelente momento para bater nos órgãos federais que controlam a aviação, mas ainda não há provas de conexão entre os problemas de apagão aéreo e este trágico acidente”.
Senão, top, top, top pra todos nós…”

algumas considerações, levando em conta o q meu amigo joão disse em seus comentarios de meu post original sobre este assunto: sim, os dois assessores estavam em um local publico, “casa-sede do país” como joão colocou, de janelas e cortinas abertas. nao é o mesmo q estar com as janelas e cortinas abertas em casa, e aí seria um absurdo se estivessem filmando;

nao quero entrar no merito de quem faria o mesmo gesto na mesma situaçao pq nenhum de nós viveu a situaçao e mesmo q nos enchamos de moral e respeito nao podemos ter certeza q faríamos ou nao. a minha pergunta é: qtas vezes vc já nao fez um “top top top” ou “uhh” ao saber q fulano “se fudeu”? e se os relatorios tivessem provado q a culpa era toda do governo, vc em casa nao faria tbm um “top top top” pro lula? repito: isso nao perdoa a atitude do cara em face da morte de centenas e ainda mais em um local de trabalho e face da nação. só estou tentando demonstrar q esse jornalismo é sensacionalista, e é capaz de tornar até uma tirada de meleca em um ato atroz

como o lessa disse, uma noticia dessas, veiculada da forma como foi veiculada, só traz mais dor e decepçao em um período q o povo e as familias das vitimas nao precisam de mais nada disso, mas sim de respostas e soluçoes. tudo isso desviou a atençao do verdadeiro problema por uma semana, e continua desviando como vc pode ver pelo meu post. mas é nessa direçao q o jornalismo está apontado, no patrulhamento de pessoas e celebridades, em vez da cobrança e “fiscalizaçao” de medidas

é óbvio q todo politico lê seus discursos em placas, assim como qqr ancora ou apresentador usa um teleprompter. mas agora, vendo o anuncio do lula sobre o acidente da tam na tv, eu saquei a tecnica dele pra disfarçar q tá lendo: ele vai mexendo a cabeça pro lado oposto q lê, e a palpebra vai pro canto do olho! vê se vc concorda

olha, eu nao sou anti-lula, nem to tentando critica-lo ou persegui-lo. tbm nao sou pró-lula, mas enfim, foi só uma coisa q eu reparei e queria ver se vcs concordam ou só acham q eu viajei

falando nisso, o jornal nacional hj tava de sacanagem. eles falaram com claro tom de ironia sobre a condecoraçao de membros da aeronautica nesta sexta. e daí? q tal explicar pq eles foram condecorados? como eles disseram mto de leve, esse tipo de premiaçao acontece anualmente. quem disse q tem alguma coisa a ver com a crise no setor aereo?

e o lance do cara do governo fazendo gestos obcenos após a noticia do JN? é obvio q a atitude foi deploravel e lamentavel, mas ninguem vai concordar q o q a globo fez foi eticamente lamentavel tbm? quem deu o direito à globo de invadir a privacidade dos dois assistindo à tv? é a mesma questao da camera escondida. minha professora sylvia deve estar subindo pelas paredes

o uol publicou uma fotomontagem de um internauta sobre o acidente do aviao da tam sem nem conferir sua veracidade, q erro deploravel

pra vc ver como hje em dia é uma disputa acefala por furos no “tempo real” da internet

eu pensei q grafite hoje em dia fosse considerado arte, e pensei q pudesse ser encarado tbm como protestos e provocações à sociedade

para o globo.com, porem, trata-se apenas de um ato de vandalismo

eu achei q essa pichaçao foi extremamente provocativa e inteligente. podem tentar abafar o qto quiser, mas essa é a visao q o proprio carioca tem de sua cidade hje em dia. nao sei se foram “os traficantes” (pq tudo é sempre culpa deles) q fizeram, ou algum grupo de grafiteros q teve a ideia, mas eu achei genial. pra mim vandalismo é agredir fisicamente, destruir, isso dai em cima é arte e desafio

vendo a corrida de f-1 agora d manhã (algo q raramente faço, mas como acordei cedo e nao tem nada pra fazer…), tava vendo os caras falando no radio c suas equipes e pensei: qdo será q passaremos a ter entrevistas cos pilotos pelo radio durante as corridas? imagina, o reporter poderia perguntar sobre a estrategia de prova do piloto no meio em vez de simplesmente especular e analisar

é claro q isso JAMAIS vai acontecer; os pilotos nao vao se submeter a algo com esse potencial de distraçao em uma corrida e as equipes nao querem dar aos adversarios a chance de espionagem (ainda mais agora com esses boatos de espionagem da mclaren). mas ia ser irado!

– rubinho, vc ja fez uma troca e nao parece estar atacando os carros a sua frente, como está planejando as proximas voltas?
– ah, eu vou ficar aqui na minha, esperar uns carros quebrarem e ver se dá pra chegar entre os 8 primeiros… e se o shumi precisar passar, eu abro
– rubinho, o shumi já saiu da formula 1
– saiu? po, ngm me avisou! se eu soubesse nao tinha saído da ferrari!!!

o verdadeiro rei do rio, o cristo redentor, foi uma das 7 novas maravilhas eleitas via internet. tb, depois da campanha d lavagem cerebral – “votem no cristo, votem no cristo, votem no cristo” – q tomou conta da imprensa por todo o primeiro semestre, era dificil q nao fosse mesmo

mas nem precisavamos desse negocio pra saber q o cristo é uma maravilha, né. aquele ali é o meu porto seguro, e todo carioca se sente em casa qdo o vê. bom, ok, menos os da zona oeste, tvz

rio_de_janeiro_1111.jpg

os otros eleitos foram a grande muralha da china, machu pichu, taj mahal, a cidade helenistica de petra, a piramide de chichen itzá e o coliseu

Próxima Página »