bbb


o BBB eu estou acompanhando por alto e to achando chato pra caralho, nao dá pra me identificar com ninguém (sério, entre milhões e milhões de aspirantes, apenas UM dos 14 mais interessantes é negro?? e metade é carioca??? eu sei, já é assim praticamente desde o início do programa, e por isso q o ódio pelo programa e pela Globo cresce a cada minuto)

mas depois deste clipe do American Idol, não tem como perder os primeiros episódios:

Anúncios

eu recebo varios releases no meu e-mail por causa do site e de contatos já pré-estabelecidos da epoca de Lance, tudo de assessoria q lida com jornalismo esportivo. tipo, eu nem quero mais receber essas porra, só as de basquete, mas nego manda tudo assim mesmo, enche o saco

mas ae hje eu recebi este release aqui da smg, q assessora parreira, pc gusmao, adriano, juliana e larissa, renato augusto, léo moura, etc. o novo cliente deles? felipe cobra

” Felipe Cobra será diretor da IGSA no Rio de Janeiro

Skatista e ex-participante do Big Brother Brasil foi escolhido pela entidade mundial para regulamentar e incentivar os esportes de gravidade na Cidade Maravilhosa

O skatista Felipe Cobra foi convidado, hoje (10/05), para ser diretor regional da Associação Internacional de Esporte de Gravidade (IGSA). Com isso, ele será o representante carioca da entidade mundial que regulamenta e realiza eventos de esportes de gravidade, como skate downhill, o gravity bike (bicicleta sem pedal), patins (In-Line), street-luge (trenó de rua) e but board. A função da IGSA é estabelecer regras e normas para as disputas destes esportes e tem como meta aumentar o número de competições oficiais no Brasil.

Felipe Cobra foi convidado pela entidade por sua experiência na realização de competições de skate longboard downhill. O ex-BBB foi pioneiro do esporte no Rio de Janeiro e é um dos maiores incentivadores e organizadores de competições da modalidade na cidade. Em dezembro de 2000, Cobra realizou o 1º Encontro do Clube Skate de Ladeira, com a intenção de confraternizar e reunir os praticantes. O encontro foi um sucesso, conseguindo reunir 80 skatistas. Depois desse encontro, Cobra não parou mais. Um ano depois, o atleta realizou o 1º Bananas Downhill, em Bananal, São Paulo, evento que se tornaria mais tarde o mais tradicional do país. Além disso, organizou o Campeonato Slalom Riolongboard Redley em 2004, o Bananas Downhill de 2001 a 2005, sendo que em 2002 e 2005 a competição foi válida como campeonato brasileiro.

Ano passado, Felipe Cobra conseguiu trazer para o Rio de Janeiro uma etapa do Campeonato Mundial de skate downhill. Essa foi a primeira vez que a cidade foi sede do evento. No fim deste mês, ele pretende viajar para a França para participar da Copa do Mundo de skate.

“Fiquei muito feliz com o convite. Minha missão é colocar o skate downhill no lugar que ele merece e tenho o projeto de realizar o segundo mundial aqui no Rio de Janeiro. Estou treinando para participar do circuito mundial na Europa e devo viajar para a França no fim do mês. Nossa meta é que boa parte das competições dos esportes de gravidade sejam regulamentadas pela IGSA. Assim conseguiremos dar ainda mais segurança aos eventos e incentivar a prática desses esportes”, disse Felipe Cobra.”

dps de posar se pegando co alemão, agora tu aparece na vip dizeno q teus seios e bunda sao “redondinhos”

tu é caipira aonde? e ainda diz q num sabe se posa pra playboy… ALOU, esse é o teu tercero ensaio nua em menos de 2 meses

em otras noticias, eu fui campeao italiano no fim de semana e, como vcs podem ver, dexei o fro crescer de novo