outubro 2007


cara, se tivesse chovendo em san diego o q tá chovendo aqui, apagava todos os incendios bizarros q tao assolando a california…

a cidade PAROU!!! vcs viram a terra caindo no tunel rebouças??? as cenas sao incriveis. um espetaculo/tragedia da natureza

eu to ouvindo aqui q muita gente foi dispensada de trabalhar hoje por causa disso – meu proprio amigo ivan disse q foi liberado hoje de dar aula lá no recreio – e mesmo assim o engarrafamento é bizarro. tem gente levando uma hora e meia pra percorrer a enseada de botafogo; num dia normal, por dentro, vc leva uns 5 minutos no maximo

mas o mais incrivel é q a cidade varias vezes alaga por causa de chuva e pára. hoje, além de provavelmente haver alguns pontos de enchente, ainda tem esse lance do tunel q realmente esculhambou tudo de vez. mas o processo pra se criar outras opçoes é lento e quase nada muda. o q podemos fazer cada um pra tentar mudar isso e acelerar as mudanças, tentar resolver essas questoes do trafego?

ainda bem q hoje só tem jogo do vasco. se tivesse dos outros 3, imagina! engarrafamento até 1 da manhã

160 reais pra ver the police na arquibancada??? 190 pra ver na pista??? “chora adriano, o sonho acabou…. tá muito caro… pra ir ao shooooooooooooooooow”

eu ainda sou estudante, mas mesmo assim, meia entrada a 80 reais??? vamo ter q ativar nossas conexoes e conseguir um convite. assim nao dá

tá bom, aqui no brasil a gente até tem shows beneficentes em q vc consegue um ingresso doando 1 kg de alimento nao-perecivel, mas esta idéia q tiveram lá nos eua é bem interessante tbm. é uma turnê em q a unica forma de se conseguir ingressos é com um comprometimento de quatro horas de serviço comunitario. nao há venda de ingressos, vc só consegue entradas se servir quatro horas na comunidade! isso nao seria interessante aqui tbm?

nao quero nem pôr em questao “o q vale mais” entre o alimento e o serviço, sao apenas duas boas idéias. o alimento é uma coisa muito mais facil; vc compra um saco de arroz e pronto, fez seu papel e, claro, ajudou alguem com fome. mas q tal um show em q vc nao gasta absolutamente nenhum dinheiro, apenas passa o tempo servindo a comunidade, seja ajudando na limpeza das ruas, no transporte, consertos, ou ajudando as pessoas… cada pessoa teria uma experiencia com mto mais significado, ajudaria bastante na conscientizaçao dos participantes quanto às condiçoes das cidades e de seus moradores, fora q a gente poderia ajudar a melhorar coisas q o governo por alguma razao nao melhora

ah se eu fosse um megaempresario e tivesse grana e cacife pra tocar uma parada dessas

olha a foto-montagem q o G1 usa pra ilustrar que a nike comprou a umbro:

a marca da nike na bunda da daniela hantuchova (dibs!), com o john terry da seleçao inglesa olhando na direçao da bunda e rindo!! genial, G1… os donos da umbro devem estar rindo à toa com os US$ 580 milhoes q receberam no negocio. se bem q o dólar tá tao caído hoje em dia… eles nao podiam ter exigido 580 milhoes de euros??

hmmm. em duas corridas, vc só precisa chegar em quinto em uma delas pra garantir o título. numa, vc é o pole position; na outra, o segundo na largada. e ainda assim perdeu???? pro raikkonen???? hamilton, você pode jogar de segunda base no mets!!!

garoteou total, lewis. blza, tu ainda é molek, ainda tem mtos anos de corrida pela frente pra aprender a nao ser esculachado pelo raikkonen e pelo alonso no S do Senna. pq ali foi quando ficou clara a diferença entre os homens e o garoto. acho q ano q vem o hamilton vai vir querendo sangue e garante o titulo com 4 corridas de antecedencia. eu queria poder dizer o mesmo do mets, mas eu sei q estaria me iludindo

entao, galera, a CBF confirmou q a seleção brasileira vai voltar ao maracanã… em outubro de 2009!! o ultimo jogo das eliminatorias, contra o time “café-com-leite” da América do Sul, a Venezuela! beleza, hein, TCB: temos dois anos pra ensaiar nossos gritos, nossas marchas, e chegar nesse jogo pegando pra capar!!

“no time da argentina só tem viadooooo… o abodanzieri…. come o cambiaaaaaaaaaaaassooo”

“vai tomá no cu hugo chavez, vai tomá no cu hugo chavez/ser o dono do mundo, vc nao conseguiu, venezuela é puta q pariu!”

como bom rei do rio, claro q eu tinha q ir ao maracanã ontem ver a seleçao brasileira jogar contra o equador (a propósito, vc sabia q a seleçao estava há 7 anos sem jogar no maraca? essa deve ter sido só a frase mais repetida da historia nessa ultima semana). o brasil meteu 5 a 0, isso foi maneiro. o estadio tava lotado, isso tbm foi maneiro. sabe o q nao foi maneiro? todo o resto

eu concordo com meu amigo capra: é uma merda qdo nao tem uma torcida pra puxar os gritos. nego reclama pra caramba das torcidas organizadas, mas sem elas, q graça tem ir ao estadio? de q adianta ter 80 mil pessoas vendo o jogo se nenhuma delas é capaz de juntar um gritinho de apoio ao time? a torcida no maraca só foi notada qdo vaiava, em uníssono, e nos gols de kaká, pq gritar “ôoo melhor do mundo” é fácil. se é pra ver o jogo sentado e calado, fica em casa e vê na TV

a cbf, globo, policia e todo mundo fizeram um esquema pra impedir q organizadas fossem ao jogo – até dá pra entender, pq se chega bondes grandes de torcidas rivais, ia dar merda com certeza – e se esforçou pra tornar o jogo “família”. só q deixa eu ser bem polemico: estádio de futebol não é lugar pra família. nao pro tipo de familia q eles querem, anyway

q tipo de família nao tem ngm q beba cerveja? só se for familia de crente.
mas a venda de cervejatava proibida, o q fez a torcida se manifestar – basicamente, além das vaias e dos gritos de “melhor do mundo”, a torcida só se uniu pra pedir cerveja e mandar o galvao tomar no cu. de resto, tinha um grupelho q gritava”obina”, outro q cantava aquele grito do vasco, uns “sou brasileiro com mto orgulho” q é o grito q mais deu no saco na vida. nem o classico “domingo… eu vou ao maracanã…” foi cantado direito. o globoesporte.com diz q vendiam cerva a 5 reais na arquibancada, mas lá na cadeira eu nao achei ngm q vendesse nem por 10 reais. sabe onde tinha cerveja?? na area vip.

e sabe onde a cbf pôs a area vip? no meio do campo e atrás do banco do dunga. pra q? ora, nao é óbvio? pra nao ser xingado, pra nao ser vaiado, pra nao tacarem coisas nele. ae, o resto do publico q como eu chegou cedo na esperança de pegar um bom lugar no meio do campo ou perto dos bancos, teve q ir pros lados, pra trás dos gols, etc. e a area vip foi a unica em q haviam claros buracos cheios de cadeiras vazias. e os fdps ainda tinham cerveja!!

a palhaçada de “torcida familia” foi tao longe q tinha até animador de torcida! o cara ficava andando pelo campo com microfone, tratando o publico como se fosse seu cachorrinho. “agora, vamos balançar as bandeiras! mto bem! agora vamos fazer uma ola – gente, pra esse lado, ok??” porra!! q merda é essa?? eu nao vim ver jogo da NBA, eu vim ver um jogo de futebol no Brasil, caralho! aliás, no Brasil nao, no RIO, no MARACANÃ!

olha, eu adoro crianças e amo muito as mulheres – qdo minha sobrinha nascer no ano q vem, eu vou levá-la ao maraca com certeza, já até comprei a camiseta do fla – mas nao dá pra fazer jogo assim. se crianças, mulheres e “familias” querem ir ao maraca, são bem-vindos, mas tem q ir pronto pra “experiencia maracanã”, nao tem essa de mudar tudo pra acomoda-los! tem muita familia q vai a jogo do fla, do flu, do vasco e do bota, principalmente com essas novas torcidas tipo a legião tricolor e a loucos pelo botafogo. nem por isso proíbem a bebida, ou calam as torcidas (como diria a loucos, “e ninguém calaaaaaaaa/ esse nosso amoooooor”). e mesmo com a lavagem cerebral da globo pra “nao xingar”, o galvao ainda tomou um “tomar no cu” bonito, ou seja, as “familias” claramente nao se incomodam com os palavrões

entao é o seguinte: depois da palhaçada q foi ontem, eu resolvi criar a TCB – Torcida Carioca do Brasil. vai ser tipo essas torcidas pacificas, com uma diferença: a gente vai xingar o adversario qdo quiser. se vier Uruguai, é “uruguaio filho da puta/ chupa rola e dá o cu / ei Uruguai, vai tomar no cu! oleeeeeeeee Brasil”. se vier é argentino, é “joga pedra e morteiro, maconha e cocaína/vou dar porrada na torcida argentina”, “nao ganha naaaada, time de cheiradooooooor, eu sou Brasil, o melhor do mundo, pentacampeao”, “vai tomá no cu riquelme, vai tomá no cu riquelme, ser campeao do mundo vc nao conseguiu, teu time é fregues do meu Brasil” e é claro, “OOOOOOOOOO VICE DE NOVO!”

vou iniciar o movimento direitinho. vamos ter tambor, de repente uma corneta e é claro, tem q ter um bandeirao do brasil. e é mais facil: a seleçao joga no maracanã o q, uma vez a cada 7 anos? bem mais economico

Próxima Página »